Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

No rescaldo dos Óscares...

Não. Não vou falar dos filmes e actores galardoados. Vou mesmo armar-me em crítica de cinema.

Se há coisa que sempre detestei são aqueles diálogos/monólogos dos heróis e dos vilões, naqueles momentos de matar ou morrer, que se alongam pelos dramas pessoais regredindo em muitos dos casos até à infância.

Acho, não conhecendo a fundo as motivações da situação, que se é para dar um tiro em alguém é dar e pronto. Quanto mais não seja no caso dos filmes, em que todos os interessados sabem o porquê daquele tiro, incluindo os espectadores que estão a ver o filme desde o início. Sempre achei que em muitos casos a outra personagem ia acabar por morrer de tédio, antes de qualquer outro ferimento. Senão fosse a personagem, cenas houve em que eu quase o fazia.

Ontem, vi, finalmente, um filme que queria ter ido ver ao cinema, "The Brave One", cuja tradução para português ficou "Estranha em Mim", com a Jodie Foster. Curiosamente, ao contrário do que acredito ser costume, a tradução fez jus ao filme.

Neste filme, esse momento do tiro é frio e duro. Aliás, esses. São vários os tiros disparados ao longo do filme, sem delongas, nem justificações. Se estamos a ver o filme do início, já percebemos o que se passa. E, mesmo, no momento crucial de vingança, a personagem não está ali com monólogos enfadonhos do género 'mereces morrer pelo que fizeste' ou americanice que o valha. Tem dois apontamentos de ironia em frases curtíssimas e um de descontrole. Quase pensei que vinha por ali um arrependimento tardio, típico deste género de filme, estragar todo um argumento. Mas não. A personagem é coerente.

Gostei do filme. Não julgando nem justificando. Gostei e pronto.

Acho que em tudo na vida, se há coisas que sentimos que devem ser feitas, é fazer e siga!

 

Eu: armada em crítica de cinema
Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 15:06

8 comentários:
De Secreta a 27 de Fevereiro de 2008 às 09:46
Ora nem mais , fazer o que tem de ser feito sem olhar para trás.
Beijito.
De Sophia a 28 de Fevereiro de 2008 às 10:54
Exactamente!
;) O filme vale por isso!

Baci
De isamar a 26 de Fevereiro de 2008 às 23:59
não tenho ido ao cinema. mas isto dos óscares é uma feira de vaidades.
jinhos meus
De Sophia a 28 de Fevereiro de 2008 às 10:53
Eu gosto de ir com alguma regularidade. Ao cinema e ao clube de vídeo.
Os Óscares fazem parte da indústria do cinema!

;) Baci
De a 26 de Fevereiro de 2008 às 01:11
Não vi esse filme.não vi os óscares ontem.também não sou daqueles fãs totalmente acadêmicos e totalmente do agrado de hollywood.gosto mais de filmes reais,tipo mystic river,américa proibida,boys don't cry..bj
De Sophia a 28 de Fevereiro de 2008 às 10:51
Anónimo felizmente há gostos para todo o tipo de cinema!

:) baci
De a 28 de Fevereiro de 2008 às 19:30
Não era anónimo,era eu..não sei pq é q ficou anónimo..
De Sophia a 29 de Fevereiro de 2008 às 10:10
Sorry... enganei-me nos comentários que apaguei. E apaguei onde estavas identificada.
Também vi os filmes que indicaste. Mas tal como tantos outros , nunca consigo dizer se gosto ou não, tal é a impressão que me causam. Excepção para o América Proibida, porque sou fã incondicional do Edward Norton.
Ah e continuas a ficar anónima!

;) Baci

Eco

Ego sum

Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Egos recentes

Back and forward

Hoje, tal como Rett Butle...

Breaking trough

Limpezas...

Um apontamento na históri...

Don't be afraid to dream*

Grão de areia

Egos passados

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Etiquetas dos Egos

todas as tags

Passear pelo Egos

 

Outros Egos

Feeds do Egos

blogs SAPO