Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Dias especiais?

Podia ter-te escrito ontem. Hoje também é um bom dia para o fazer.

Ainda não sei muito bem tudo o que quero, mas já tenho uma lista razoável das coisas que sei bem que não quero.

Não quero uma vida feita de raros dias especiais. Os dias em que devemos comemorar. Sei que quero uma vida feita de todos os dias. De sorrisos e de lágrimas. Quero um vida feita do dia-a-dia. De problemas e sucessos. De tristezas e alegrias. De bom e de mau. Quero uma vida de tudo está bem e de tudo está bem quando acaba bem.

Quero sentir-te e saber-te perto. Ao lado. O teu lugar. Na vida, lado a lado.

Não é de palavras que vivemos, mas, ouvi-las, lê-las, sabe bem. O mais importante é viver.

Podia contar tantas coisas, pequenas coisas, grandes coisas, que me desfilam na memória. Sei que são todas elas que nos constroem dia após dia. São todos os dias, todos os momentos, todas as palavras, todos os gestos, todos os pensamentos. Tudo, é o que faz do tu e do eu um nós.

 

A música: As time goes by - versão de Jimmy Durante
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 11:48

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

E como se não houvesse amanhã...

Deixa-te ficar no lento passar do dia que teima em não acabar. Gosto de ti assim. Imperfeito. Mortal. Quero ter a noção que hoje pode ser o último dia.  Que não há amanhã. Quero sentir-te assim. Saber que és meu. Manter esta efémera ilusão. E saber que hoje estás aqui.

 

...ilumina-me!

 

A música: Ilumina-me - Pedro Abrunhosa
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 12:09

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Só tu

Promenade, Marc Chagall

 

Pensei escrever em como é terno o teu abraço ou em como é leve e doce o teu toque, mas agora não é importante. Não é importante quando só tu me seguras, só tu me abraças, só tu me impedes de enlouquecer, só tu me mostras vida, só tu me amas.

Só tu...

 

Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 14:27

Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

*Encosta-te a mim

Quero sentir a tua pele, quero sentir o teu corpo, o teu coração a bater e a acelerar porque encosto os meu lábios nos teus. Encosta-te a mim e deixa que me encoste a ti, para que me sintas perto. Sem respirar. Páro. Para que toda eu absorva o momento e ele faça parte de mim. Quero congelar o tempo e prender este momento em que todo tu te encostas a mim. Quero capturar o teu olhar que me desnuda a alma e me faz sentir plena. Quero prender-te na minha alma que se liberta pelo teu amor. Quero para sempre ligar a tua voz ao brilho do meu olhar, à luz do meu sorriso. Quero expandir o meu coração para que todo o teu amor caiba até o inundar e deixar o meu amor sair para ocupar todo o meu corpo para gritar silenciosamente por ti. Para que me oiças no olhar e sintas que mesmo quando não te beijo são os teus lábios que os meus sentem. Que mesmo quando não me olhas o meu sorriso tem a tua luz. Que mesmo quando não te encostas a mim o meu olhar vê-te e sorri. Que mesmo quando não me encosto a ti é a tua pele que o meu corpo sente. Que mesmo quando não te encostas a mim, nem eu a ti, o nosso coração continua a bater pleno de corpo e alma.

 

*Eu venho do nada porque arrasei o que não quis em nome da estrada onde só quero ser feliz.

 

A música: Encosta-te a mim - Jorge Palma
Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 11:38

Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

O melhor

Amo ouvir todas as vezes que dizes 'amo-te', mas prefiro sentir as vezes em que não o dizes.

 

A música: It's a Kind of Magic
Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 14:03

Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

Bliss

O fim do dia. O meu reflexo no teu olhar. Encontrar-me no teu corpo. Adormecer nos teus braços. Amanhecer contigo.

 

Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 11:21

Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

Because change happens

- Estás diferente.

- Tu também.

- Eu sei.

- Já que convidámos os alter egos para jantar, achas que eles se entendem?

- Sabes bem que são incompatíveis.

- Eu sei que te amo.

- Eu também te amo. Mas assim... sabemos o suficiente para saber o que está neste caminho.

- Eu sei que não te quero perder. Amo-te demais para te deixar sair da minha vida sem lutar, por ti, por nós.

 

E o ambiente gélido da sala aqueceu como se o calor da própria Terra nos acolhesse e abraçasse naturalmente, como tu e eu, juntos, como deve ser. Como faz sentido.

A música: Say you, say me - Lionel Richie
Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 10:56

Ego sum

Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Egos recentes

Dias especiais?

E como se não houvesse am...

Só tu

*Encosta-te a mim

O melhor

Bliss

Because change happens

Egos passados

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Etiquetas dos Egos

todas as tags

Passear pelo Egos

 

Outros Egos

Feeds do Egos

blogs SAPO