Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Limpezas...

Foto daqui

 

Limpeza, desperdício e reciclagem.

A Primavera já chegou, embora não pareça pelo tempo que se faz sentir. Manda o hábito que faça grandes limpezas e arrumações lá por casa. Arrumar roupas de Inverno e realojar as roupas mais frescas. Mesmo processo se passa com botas, sapatos, ténis e sandálias.

Este ano vou incluir mais uma divisão: eu. Tentar perceber o que se pode e deve reciclar e deitar fora tudo o que é desperdício.

 

 

Eu: com mania da limpeza! ;-)
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 11:10

Sexta-feira, 4 de Abril de 2008

Don't be afraid to dream*

*Foto: aqui

 

Humm... acho que é o que preciso aprender.

 

Eu: a reaprender a sonhar
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 11:12

Terça-feira, 11 de Março de 2008

A cada beijo teu...

O meu coração pára. E recomeça o seu bater. Fico em suspenso. O leve aproximar da respiração. Pressentir o teu toque. Fico ali, à espera. O beijo há-de chegar. Um beijo só, por vezes, basta. Para sentir o teu amor, para confirmar o meu. Pode ser apenas o desejo de te ter por perto. Pode ser amor. Pode ser por a cada beijo teu eu me sentir mais eu. Eu te sentir mais tu. E a cada beijo somos sempre nós. Demoro-me a olhar os teus lábios. Gosto. Sabem-me bem. Demoro o momento da espera. Quero sentir-te respirar. Quero ver de perto os pormenores do teu rosto, dos teus lábios. Quero percorrer todos os sentimentos que ao pressentir o teu beijo acordam em mim. Quero demorar-me nos teus lábios e deixar que a cada beijo eu te sinta mais em mim.

 

Foto: pormenor de um retrato original aqui.

 

A música: This Kiss - Faith Hill
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 12:53

Terça-feira, 4 de Março de 2008

Ao lado

Foto: Bruno Brismontier

 

Por um dia não posso apenas contemplar? Hoje quero que o mundo, a vida, quero que tudo me passe um pouco mais ao lado. Embrenho-me em mim, contemplo o mundo que os meus olhos vêem. Quero saborear a vida do lado de dentro de mim. Do lado de dentro de nós. Quero deslumbrar-me com cada um dos brilhantes. Com cada um dos teus sorrisos. Com cada parte e  com o todo que nós criamos. Hoje o mundo passa-me ao lado.

 

A música: Nothing else matters - Apocalyptica
Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 10:41

Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Num dia cinzento...

A cada lágrima que cai do céu, por mim cai uma gota de chuva. Ping. Ping. A pouco e pouco. Aumenta a cadência. Até que cada lágrima solta forma uma torrente e eu começo a chover. Vejo as lágrimas juntarem-se às minhas gotas de chuva. Não distingo a chuva das lágrimas. Não quero. Quero apenas que a natureza de umas e das outras se funda para que as lágrimas se tornem menos salgadas. E o que vejo cair no chão não passe de chuva.

 

Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 13:36

Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Dove si va se non c’è

Sentir os raios de sol que se esforçam por rasgar as nuvens

e iluminar o mar prata...

 

A música: Feelings - Il Divo
Etiquetas dos Egos:
Egotismo de Sophia às 13:18

Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Acendo mais um cigarro...

Foto: Marine Chereau

 

Sabes? Acho que voltei a ficar perdida. Nunca fui muito de ligar a convenções. Tudo acontece porque tem de acontecer... Mas entre um café e um cigarro, percebo que algo na minha vida muda todos os dias, eu. Já fui fundamentalista, hoje fumo em privado. Sei cada prego que cravo... mas não é isso que me importa hoje. O que me importa é a distância que se afunda entre nós. Mudamos tantos desde que nos conhecemos. Estranhamente, há coisas que são imutáveis, mesmo em nós. Mas as palavras perdem-se... no meio de sentidos difusos e sentimentos confusos. Acho que vou acender mais um cigarro e apenas terminar o meu café.

 

Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 12:39

Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

Longe do tempo

Longe e , no entanto, tão perto, cada dia passa num compasso incerto.

Tento acertar o relógio para que o tempo possa parar. Mas não pára. Nem eu. Desde que comecei a viver em função do relógio sinto que tenho cada vez menos tempo. O tempo já não corre como corria. Mas não se arrasta. Foge. Pouco é o tempo que sobra. Ao longe ouço a tua voz. Na ausência do tempo, bom é a tua voz ainda chamar por mim.

 

Etiquetas dos Egos: ,
Egotismo de Sophia às 14:19

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

E como se não houvesse amanhã...

Deixa-te ficar no lento passar do dia que teima em não acabar. Gosto de ti assim. Imperfeito. Mortal. Quero ter a noção que hoje pode ser o último dia.  Que não há amanhã. Quero sentir-te assim. Saber que és meu. Manter esta efémera ilusão. E saber que hoje estás aqui.

 

...ilumina-me!

 

A música: Ilumina-me - Pedro Abrunhosa
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 12:09

Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Talvez como na canção...

Mas foi antes do Natal que te dei o meu coração. 

O tempo foi passando, voou em certos momentos. Nunca parei para pensar. O tempo muda as pessoas. A vida também. Seguimos o nosso caminho e em algum momento ele tornou-se paralelo, distinto. Seguimos sem nos apercebemos que em cada encruzilhada falhámos o encontro. A distância foi aumentando, sem aumentar. Sinto saudades de te sentir a meu lado sem nos sentir ausentes, distantes, imersos no ser de cada um. Pergunto-me agora se este caminho estará próximo do fim ou se ainda há uma nova encruzilhada para o nosso encontro. Gosto de pensar que sim.  Andamos ocupados cada um no seu caminho, tanto que  nos esquecemos de construir um nosso. Deixámos que os buracos se alastrassem e as pedras se amontoassem. Ficou um estrada esquecida onde ninguém caminha. Talvez como Pessoa, com todas as pedras que estão no caminho possamos construir um castelo na próxima encruzilhada e a partir dele reconstruir o nosso caminho, único.

Talvez como na canção eu tenha dado o meu coração, mas este ano não o quero dar de novo, não quero que mo devolvas, quero que o guardes e ele te traga à memória o que nos fez começar a caminhar juntos. Eu não esqueci.

 

A música: Last Christmas - Wham!
Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 13:23

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

Apontamento na sombra

Foto daqui

 

Vagueio triste por entre a gente que me passa ao lado. Sou apenas uma réstia de esperança. Perdida. Só. A minha sombra insiste em seguir-me enquanto o dia morre lentamente. Já errei tantas vezes que não me importa o que possam pensar. Não regresso a casa. Não regresso para uma vida triste. Não regresso para uma vida onde tu não estás. Não regresso se não for para ter a tua sombra ao lado da minha.

 

A música: L'Appuntamento - Ornella Vanoni
Etiquetas dos Egos:
Egotismo de Sophia às 13:49

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Ou como o feitiço se vira contra o feiticeiro

Foto: Brassaï

 

Incentivei-te a tomar esse novo rumo. Acreditei que seria o melhor a tomares, porque te faria feliz. Esqueci-me de verificar se nesse caminho eu também poderia caminhar...

 

Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 12:16

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Só tu

Promenade, Marc Chagall

 

Pensei escrever em como é terno o teu abraço ou em como é leve e doce o teu toque, mas agora não é importante. Não é importante quando só tu me seguras, só tu me abraças, só tu me impedes de enlouquecer, só tu me mostras vida, só tu me amas.

Só tu...

 

Etiquetas dos Egos: , ,
Egotismo de Sophia às 14:27

Ego sum

Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Egos recentes

Limpezas...

Don't be afraid to dream*

A cada beijo teu...

Ao lado

Num dia cinzento...

Dove si va se non c’è

Acendo mais um cigarro...

Egos passados

Julho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Etiquetas dos Egos

todas as tags

Passear pelo Egos

 

Outros Egos

Feeds do Egos

blogs SAPO